certidaoweb 
 
certidaoweb
certidaoweb
certidaoweb
certidaoweb
certidaoweb
 
Telefones Úteis
Agência Nacional Saúde 0800.611997
Banco Central 0800.992345
Banco de Sangue 0800.2820708
Bombeiros 193
Caixa Econômica Federal
0800.7260101

Correios 0800.5700100
CVV 141
Defesa Civil 199
Delegacia da Mulher 180
Detran 154
Direitos Humanos 100
Disque-Denúncia 181
Educação 0800.770012
Governo Federal 138
Ibama 152
INSS 135
Justiça Eleitoral 148
Meio Ambiente 0800.0113560
Polícia Civil 197
Polícia Federal 194
Polícia Militar 190
Polícia Rod. Estadual 198
Polícia Rod. Federal 191
Procon 151
Pronto-Socorro 192
Receita Federal 0300.780300
SOS Criança 1407
Vigilância Sanitária 150
 
   
certidaoweb
2ª via certidão de nascimento e casamento


A carteira de identidade vai mudar

A nova carteira de identidade, chamada de Registro de Identidade Civil (RIC), passará a ser emitida com um chip. O documento reunirá em uma única carteira o Registro Geral (RG), o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o título de eleitor. A Receita Federal determinou ainda regras para facilitar a obtenção imediata do CPF.


Com formato semelhante ao do cartão de crédito, o RIC terá foto, impressão digital, assinatura do portador, código e um número de dez dígitos com um dígito verificador que será registrado numa central nacional de dados, controlada pelo Ministério da Justiça.

O documento continuará a ser emitido pelos institutos de identificação estaduais, mas a reunião de dados em um cadastro único vai evitar fraudes porque impedirá que o mesmo número seja registrado mais de uma vez em Estados diferentes.


O chip conterá a foto e a impressão digital. "Com esse novo documento é impossível ter fraude. Não há como alterar os dados do chip", afirma o diretor do Instituto Nacional de Identificação, Marcos Elias de Araújo. Segundo ele, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já pensa em usar o RIC nas eleições de 2012 e há conversas com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para que ele sirva também para saques. Os estabelecimentos teriam de adquirir um equipamento que faria a leitura do cartão com chip e também a leitura óptica da impressão digital. O novo sistema será instalado ao longo de nove anos, com um investimento de R$ 1,5 bilhão do governo federal.

A principal vantagem do novo documento é que ele vai reunir os dados de outros documentos: o RG, o CPF, título eleitoral e carteira de motorista. O chip trará ainda informações como cor de pele, altura, peso, informações judiciais, civis e de previdência social.

 
Política de Privacidade - © Copyright 2010 Certidão Web - Todos os direitos reservados.